Jovem de 23 anos confessa ter matar arquiteto em Linhares

Wilisses Santos Nogueira está preso no CDP de São Mateus.

Jovem de 23 anos confessa ter matar arquiteto em Linhares
A Polícia Civil de Linhares elucidou o assassinato do arquiteto Welber Teixeira do Nascimento ocorrido no dia 10 de fevereiro deste ano numa quitinete no centro de Linhares. Wilisses santos Nogueira, de 23 anos, confessou ter matado o arquiteto, que teve o corpo encontrado em estado de decomposição.

De acordo com o delegado de Linhares, Fabrício Lucindo, as investigações comandadas pelo titular da Delegacia de Homícidios, Tiago Paulo Cavalcante, apontaram que a vítima conheceu o autor do crime numa praça de Linhares e o convidou para ir até seu apartamento. 

Lá, Will matou o arquiteto com um golpe conhecido como ‘mata-leão’. Depois, amarrou as mãos de Welber para trás com um fio de ventilador e roubou vários pertences pessoais como celular, bicicleta, bolsa e carteira.

"Após o crime a Polícia Civil seguiu todas as pistas que surgiram, depoimentos de testemunhas, imagens de vídeomonitoramento da região e também informações do serviço de inteligência da 16ª Delegacia Regional de Linhares, chegando ao autor do crime”, explica Lucindo.

Ainda segundo o delegado, cinco dias depois de assassinar o arquiteto Will e roubar seus pertences, ele foi detido pelo crime de tráfico de drogas na região do Pó do Shell. Antes disso, ele já havia sido preso por roubo e tráfico. "O elemento está sendo indiciado pela prática de crime de latrocínio, com pena que vai de 20 a 30 anos de prisão”, finalizou o delegado. 

A foto foi divulgada pela Polícia Civil de Linahres.




COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA