CDL, Prefeitura e PM discutem ações para reforçar segurança no comércio de Linhares

O encontro aconteceu na quinta-feira no auditório da CDL, no bairro Colina

CDL, Prefeitura e PM discutem ações para reforçar segurança no comércio de Linhares
Na tarde dessa quinta-feira (12), a Prefeitura de Linhares, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, a Polícia Militar e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) se reuniram para discutir e propor soluções para o avanço na segurança do comércio de Linhares.

O objetivo do encontro foi o de estreitar o relacionamento, definir e alinhar ações específicas a serem realizadas de forma integrada entre os órgãos de segurança e os comerciantes. Na ocasião, algumas propostas foram apresentadas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e pelo 12º Batalhão de Polícia Militar.

No âmbito do Estado, a 1ª Cia do 12º BPM pretende instalar a sede da unidade no Centro com o objetivo de fortalecer a presença da polícia na região e facilitar os atendimentos às ocorrências. Já na esfera municipal, o secretário Coronel Jones Mattos salientou as ações já executadas, tais como o patrulhamento da Guarda Municipal e a vigilância do patrimônio através do sistema de videomonitoramento.

"O Município atua na segurança da cidade através das rondas e dos patrulhamentos diários da nossa Guarda Municipal. Em datas comemorativas, quando há maior circulação de pessoas e de dinheiro no centro comercial, aumentamos o efetivo para assegurar a segurança nos estabelecimentos. Para avançarmos cada vez mais, o poder público precisa dessa parceria com a CDL e demais órgãos a fim de fortalecer as ações de segurança. Infelizmente, o crime de menor potencial ofensivo é um problema crônico, que exige o comprometimento de todos os eixos da sociedade nesta questão”, diz Mattos.

Ações integradas

E para inibir a ocorrência de delitos, foi criada uma comissão voltada às ações integradas para identificar e acolher as pessoas em situação de rua, que acabam se envolvendo em crimes contra o comércio local. Até o momento, 300 pessoas em situação de rua foram cadastradas pelo Município – desse total, apenas 80 são de Linhares.

"Quem comete crimes de menor potencial ofensivo é detido e logo volta às ruas. Há indivíduos em Linhares que já foram detidos 14 vezes. Então, temos que agir agora para ter resultado a curto, médio e longo prazo. Muitas vezes, as pessoas acreditam se tratar de um problema da polícia, da segurança municipal, mas não, é necessário um esforço conjunto da sociedade para revertermos esse quadro”, aponta o secretário.

Além das ações previstas, durante o encontro, o Coronel Jones Mattos ressaltou que, em breve, as ruas da cidade ganharão 50 agentes da Guarda Municipal qualificados para o manuseio de arma de fogo; aquisição de 35 câmeras speed dome e 50 câmeras fixas para a Central de Videomonitoramento; e incorporação da Guarda Municipal junto ao Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes) – cujo convênio já fora firmado com a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

Participaram do encontro comerciantes, empresários, microempresários e representantes do Conselho Interativo de Segurança Pública de Linhares (Consel) e do Sindicato dos Trabalhadores. Também esteve na reunião o presidente da Câmara Municipal, vereador Roque Chile.





COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA